Postagem em destaque

Proteção contra inimigos

Saiba alguns truques eficazes e rituais para encontrar a paz eo equilíbrio na família, encontrar uma solução real para esses males que nos ...

terça-feira, 23 de julho de 2013

Covens, origens bruxaria


Falar de bruxaria corretamente significa entender as suas origens, as suas origens datam de vários séculos atrás. Os piores momentos de bruxas (e para os quais não eram tais) eram caça às bruxas injustas e sangrentas que ocorreram no século XIV, nas quais as sanções condenados mais ultrajantes para toda a mulher que parecia suspeito ou cujas palavras ou ações atentado contra a moral da Igreja.

Durante a Idade Média, estava ligado a feitiçaria com adoração ao diabo. Assim, pensava-se que as bruxas e feiticeiros realizou os famosos clãs e satânico atos reunidos em localidades suburbanas.

Em tais covens colocaria a consagração da hóstia chamado preto, é rectaba Credo banquetes para trás e pródiga foram feitas com carne humana como protagonista. Acrescente a isso o sacrifício humano eo infanticídio, toda a memória é uma pequena jóia que tem bruxaria muito medieval.

A partir desses covens celebrações em lotes distantes ou vago, a convenção surgiu mentalmente e foi forjada no imaginário coletivo, o famoso vôo de bruxas (com ou sem escova), eles precisavam praticar juntos e iniciar o seu maga nigra.

A palavra clã, ou seja, "clã", vem do termos euskeras "Aker", que significa "cabra" e "Larre", que se refere ao campo. E o campo é precisamente o lugar onde essas bruxas se uniram, fizeram os seus cantos e até mesmo ofertas orgiásticos.

Do ponto de vista antropológico, clãs são uma reminiscência de rituais pagãos em que eles costumavam consumir determinadas substâncias para alcançar o êxtase. Alguns lugares espanhóis onde a evidência histórica indica que foram palco de tais práticas peculiares são: Anaga (Tenerife), Cueva de Salamanca, Amboto (País Basco), Rods Golfe (Castro Urdiales) ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário